qua. dez 8th, 2021

Juros compostos: você sabe como funcionam e como usar a seu favor?

Juros compostos: você sabe como funcionam e como usar a seu favor?

Quando falamos em juros, é comum pensarmos no impacto negativo que eles têm sobre empréstimos e financiamentos, certo? Além disso, eles costumam aparecer quando atrasamos o pagamento de uma conta — como a fatura do cartão de crédito, por exemplo. Nesses casos, eles podem ser, de fato, grandes vilões do nosso orçamento.

Se, por um lado, os juros compostos podem ser um problema para quem tem dívidas, aumentando exponencialmente a conta, por outro eles são excelentes aliados dos investidores. Afinal, a rentabilidade dos investimentos também seguirá a lógica dos juros sobre juros.

O conceito é bastante amplo e também pode ser benéfico para muita gente. Assim, o primeiro passo é entender o que ele significa.

Nos juros compostos, a taxa não incide apenas sobre o principal, mas, sim sobre o montante já rentabilizado do período anterior, ou seja, incidem também sobre os juros já recebidos — é o que chamamos de juros sobre juros. Isso causa um efeito chamado bola de neve.

Dessa forma, conforme o seu patrimônio aumenta, os juros compostos passam a incidir sobre esse novo valor atualizado do período anterior. Se pensarmos no longo prazo, os efeitos são bastante significativos e ajudam a multiplicar o valor aportado inicialmente. Bastante interessante, não é mesmo?

Quais a diferenças entre juros compostos e juros simples?

Você já sabe o que são os juros compostos. Mas também é importante saber o que muda em relação aos juros simples. Nesse último caso, a taxa sempre incide sobre o capital inicial. Ou seja, os juros incidem apenas sobre o dinheiro que foi aplicado pelo investidor. Então, não há o efeito bola de neve.

Se pensarmos no curto prazo, a diferença tende a não ser tão grande entre os juros simples e os compostos. No entanto, em prazos mais longos, a ação do tempo é exponencial sobre os seus resultados.

Para quem tem o objetivo de viver de renda, por exemplo, os juros compostos são os melhores amigos do seu dinheiro. O motivo, como você já sabe, é a base de cálculo que se torna maior a cada mês. Assim, é possível perceber um aumento no retorno obtido no longo prazo.

Dessa forma, são maiores as chances de alcançar resultados positivos mesmo investindo quantias menores. Além disso, com paciência, disciplina e planejamento, você pode aumentar seus aportes para que se torne ainda mais viável ter um bom rendimento no futuro.

Viu como, se utilizados da maneira certa, os juros compostos podem trabalhar em favor do seu dinheiro?

Veja mais sobre esse texto

Confira mais sobre investimentos na Plataforma dos Investidores Online

Fonte: Anbima