dom. set 20th, 2020

Quem é Jeff Bezos? (Parte final)

Olá povo rico da internet!!!!🙌😆

Hoje vamos finalizar mais uma série…😅

E para finalizar com chave de ouro 🔑

Vamos ver como Jeff Bezos pensa e como desenvolve seus investimentos !!💭

Ampliando os horizontes:

Ela anunciou o sistema de assinatura premium Amazon Prime em 2005, inicialmente só para diminuir o tempo de entrega e trazer ofertas exclusivas. Essa assinatura logo passou a dar acesso também ao Amazon Video, a plataforma de streaming de filmes e séries.
A concorrência com a Netflix se tornou cada vez mais acirrada, e shows originais ou distribuídos tem sido elogiados e premiados.

Em março de 2006, começou a funcionar publicamente o Amazon Web Services, ou AWS, que era quase uma empresa separada para armazenamento e hospedagem na nuvem.
O embrião começou bem antes, quando a marca pensou em criar uma plataforma de loja online para um cliente, mas demorou anos para sair do papel. A espera compensou, já que hoje ela oferece suporte também para gerenciamento de redes, aplicativos e bancos de dados, ferramentas de desenvolvimento e Internet das Coisas.

Em 2015, a base de usuários já passava de 1 milhão de pessoas em 190 países, incluindo clientes como NASA e Netflix.
O boom do livro digital

Tá sentindo falta de alguma coisa? 🤔

O Kindle, que é o eReader mais famoso do mercado, começou a ser planejado ainda em 2004 sob o codinome Fiona. O nome significa “acender um fogo” e, segundo quem bolou a ideia, tem a ver com o estímulo intelectual da leitura.
O lançamento em 2007 foi um estouro. O primeiro modelo tinha um teclado físico e não era touchscreen, mas já trazia uma tela de e-ink de 6 polegadas. O estoque dele só durou 5 meses. Mais tarde, o Kindle DX com tela de 9,7 polegadas foi apresentado, mas não fez tanto sucesso.

Claro que os eBooks não iriam roubar o mercado dos livros físicos, mas criaram um hábito inteiro que é de comprar livros digitais e ler em qualquer lugar. Usar a interface da loja da Amazon, que já era famosa e tem aquela perigosa compra com um botão, era vitória na certa. A empresa criou um segmento de mercado e continua forte nele até hoje, especialmente para quem gosta de ler em formato digital, mas não em tablets convencionais.
O Touch finalmente ganhou o suporte aos toques na tela, o Paperwhite trouxe retroluminação com LEDs e o Voyage trazia a tela e-ink de melhor qualidade até o ano de 2014. O mais recente e oitavo Kindle é o Oasis, levíssimo e com um formato assimétrico pra ficar mais confortável ao ser segurado com uma só mão.

Em 2011, a Amazon entrou no mercado de tablets com o Kindle Fire. O modelo de 7 polegadas incluía acesso à Amazon Appstore, que tem tanta promoção quanto o site. Ele já está na sexta geração, perdeu o nome Kindle e ganhou HD, tendo ainda versões especialmente para crianças.

Novos planos:

Ela também tem alguns projetos bem ambiciosos em fase de testes ou com lançamento limitado. É possível destacar o sistema Prime Air (para entrega de encomendas com drones) e também a mercearia Amazon GO, que não tem qualquer atendente humano e você faz as compras só tirando os produtos da prateleira e saindo pela porta.

E tem ainda o Amazon Dash, uma série de pequenos aparelhos que servem para você adquirir mais unidades de um produto sem precisar acessar a loja.
O mais novo eletrônico dela é o Echo, um alto-falante que serve para controlar dispositivos da sua casa e ainda serve como assistente pessoal usando a Alexa, atual grande rival de Siri e Cortana.

Versões com tela e para uso direcionado para o vestuário também já foram lançados, e o sucesso foi muito maior do que a Amazon esperava.
A jogada atual mais recente da empresa foi a compra da WholeFoods, uma rede de supermercados dos Estados Unidos. Ela é considerada de alto padrão e foca em produtos orgânicos ou naturais.
Sem freios

E o Jeff Bezos não para. Atualmente, ele é CEO também da Blue Origin, uma empresa de exploração e transporte espacial que rivaliza com a SpaceX. Ela não tem nada a ver com a Amazon, mas, sem o sucesso dela, o executivo não teria uma fortuna do próprio bolso para aplicar todos os anos nos testes de lançamento de foguetes.
Além disso, ele agora rivaliza com Bill Gates pelo posto de pessoa mais rica do mundo — e dá sinais de que gostaria muito de assegurar a primeira colocação.
E essa é a história de Jeff Bezos, o grande criador da Amazon, uma das maiores empresas de toda a internet, um e-commerce de dar inveja, uma livraria poderosa e, por que não, uma sobrevivente nesse mercado.

E assim terminamos mais uma série !!

Se você acompanhou até muito obrigada pela sua atenção!

Espero ter cooperado em aprendizado!!

Se tiver sujestões de personalidades no mundo das finanças, deixe nos comentários também, será o maior prazer em fazer uma série sobre ela…Ou ele! kkkk

Fortíssimo abraço !!🤗

Até a próxima!!!👋😆

Por : Pri Haruko